Por: Redação

A Direcção provincial de Saúde em Luanda procedeu, esta quarta-feira, o lançamento da campanha de vacinação contra a BCG, poliomielite, pneuma 13, sarampo, febre-amarela e tétanoAs vacinações que começaram no distrito do Capalanga, em Viana, destinam-se às crianças menores de um ano bem como as mulheres em idade fértil. O objectivo é prevenir cerca de 75 por cento de cidadãos neste estrato até o primeiro semestre deste ano.

A campanha de intensificação da vacinação de rotina abriu no Hospital Geral do Kapalanga, em Viana e vai decorrer em três fases. Sendo a  primeira até o dia 12 deste mês enquanto a segunda e a terceira  na primeira e na segunda quinzena de Dezembro respectivamente.

À imprensa Rosa Bessa explicou que os objectivos da campanha são aumentar o número de crianças vacinadas com a terceira dose da polivalente e confirmar o número das já vacinadas com a segunda dose contra o sarampo e aconselhou as mães a levarem seus bebés para às unidades hospitalares. 

” O que se pretende é aumentar o número de crianças já vacinadas e prevenir-se contra o BCG, sarampo, febre-amarela. Todas as crianças até um ano que ainda não está vacinada tem que ser vacinada”, ordenou. 

A intensificação da  vacinação de rotina vai decorrer em todos os  municípios da província, excepto o da  Quiçama e  Icolo e Bengo, por não apresentarem “sérios problemas”, segundo a directora do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda, Rosa Bessa.

A responsável informou que cerca de quatro mil médicos estarão prontos para atender a população e que o Ministério da Saúde já disponibilizou todas as vacinas, com todos os meios necessários, para satisfazer as necessidades do público alvo.