Por: Albino Tchilanda

O director  do Gabinete de Educação de Luanda, André Soma, garantiu, esta quarta-feira em Luanda, que a partir do próximo ano as confirmações de matriculas do I e II ciclos em todas as escolas públicas da capital serão gratuitas,  incluindo as inscrições no ensino médio-técnico e promete exonerar os directores das escolas que persistirem mesmo que seja as fichas de inscrições.

“Está proibida a cobrança de valores monetários, até para as inscrições no ensino médio técnico. O director que persistir será exonerado”, advertiu.

O responsável da educação em Luanda anunciou tais medidas à imprensa durante uma ronda de três horas efeituadas em algumas escolas do ensino primário e médio da cidade, tendo reforçado que a posição será delicadamente acompanhada para que não se registe incumprimentos por parte das direcções das escolas.

O pedagogo pediu às populações a denunciarem todo e qualquer tipo de cobrança durante o acto inscrições e confirmações de matrículas porque, segundo entende, só assim poderão ser observadas na íntegras essas medidas.

André Soma adiantou que, numa primeira fase, a direções que forem apanhadas a desobedecer tais princípios poderão ser suspensas, seguindo da exoneração do director.

De lembrar que ainda este ano encarregados de educação em Luanda reclamavam sobre os valores de dois mil e duzentos kwanzas que lhes estavam a ser exigidos no acto das inscrições e matriculas.