Por: Redacção


Uma delegação angolana representa o país na 69ª edição da Feira Internacional de Ideias, Invenções e Novos Produtos (IENA), os representantes já se encontram em Nuremberga, Alemanha, com 20 projectos tecnológicos.

De acordo com uma nota do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação enviada à Angop, os participantes foram seleccionados nas antecâmaras de feiras e da Feira do Inventor/Criador Angolano, no país.

O evento decorre de 2 a 5 de Novembro, os angolanos vão apresentar trabalhos com predominância na área da mecatrónica, tal como nos anos anteriores.

As ideias, invenções e produtos que Angola levou para esta edição representam cerca de 70%, sendo os restantes 30% para as áreas de química, ciências sociais e humanas.

Angola está representada com algumas instituições do ensino superior como as Universidades Agostinho Neto (UAN), Metodista de Angola (UMA) e o Instituto Superior Politécnico de Tecnologias e Ciências (ISPTEC) com nove projectos.

Instituição de ensino geral (ELIADA) com três projectos, instituições de Investigação Científica, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (IDI) como o Centro Tecnológico Nacional (CTN) afecto ao Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) e o Centro de Estudos e Apoio à Formação, Investigação e Extensão (CEAFIE/UAN).

Compõem ainda a comitiva representantes do Centro de Pesquisa em Políticas Públicas e Governação Local (CPPPGL/UAN) com cincos projectos e as empresas (ONAIEPE e ANEUD) com dois projectos e Freelancers com um projecto, respectivamente, totalizando os 20 projectos de actores do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação de Angola.

Angola participa desde 2009, através do extinto Ministério da Ciência e Tecnologia, na Feira Internacional de Ideias, Invenções e Novos Produtos (IENA) que se realiza anualmente em Nuremberga na República Federal da Alemanha.