Por: Jéssica dos Santos


Luanda recebe a 26 de Outubro no Cine Atlântico a 3ª edição do Festival Caixa Luanda. Seguindo a tradição, o festival vai trazer o melhor do fado português à capital angolana. Intérpretes como Camané, Kátia Guerreiro, Marco Rodriguez, Maria Ana Bobone, Filipa Cardoso e José Gonçalvez, são os nomes confirmados, e representam Angola a Diva Ary e Anabela Aya.

O Banco Caixa Geral Angola inova na edição 2017, como garante a organização, em nota enviada à nossa redacção,  além de estender a programação a Benguela, insere na grelha uma tertúlia para conectar músicos locais ao universo do fado.

Benguela também receberá o Festival Caixa Luanda no dia 28 de Outubro, no Cine Kalunga. A província junta-se então a Lisboa, Luanda e Porto, tornando-se na quarta cidade a ser palco deste festival que já é tradição de música e cultura.

Ambos os eventos estarão abertos a partir das 19h30, com atrações à parte, como DJ/Revelação e diversas opções gastronómicas oferecidas em “tasquinhas”, remetendo ao universo fadista.

O momento de grande integração com músicos da terra será no dia 25, um dia antes da primeira apresentação, quando ocorrerá uma tertúlia sobre as influências da música africana no fado e do fado na música angolana, no Instituto Camões.

O Presidente da Comissão Executiva do Banco Caixa Geral Angola, Dr. Fernando Marques Pereira, realçou a importância do investimento na cultura e afirmou que o Festival Caixa Luanda e o Festival Caixa Benguela “vão oferecer ao público dois momentos impares na celebração da música, da cultura e dos laços que unem Angola e Portugal”, referiu.