Três semanas depois da primeira grande passeata velocipédica, ciclistas profissionais e amadores voltarão à rua no domingo a partir das 8 horas para pedalar contra o cancro da mama, apoiados pela Associação Provincial da modalidade, Polícia Nacional e Liga Angolana Contra o Cancro (LACC).  

Vão percorrer mais de 100 quilómetros, numa média de velocidade de 30 km/h, partindo da centralidade do Kilamba, num roteiro que inclui passagem pela cidade do Sequele, Cacuaco, Petrangol, Boavista, Porto, Avenida 4 de Fevereiro, Ilha do Cabo, Marginal Agostinho Neto, Rua da Samba, Avenida Pedro de Castro Van-Dúnem Loy, Avenida Fidel Castro e Praça das Frutas do Kilamba.