Texto: Neliengue Sancho


Ser pai ou mãe de repente já levou jovens numa cama de hospital por conta do susto que tiveram ao tomar conhecimento da notícia. Há quem pensou em tirar própria vida ou do filho, que nestes dias orgulham a quem seria “assassino”. Outros partilharam à nossa reportagem sobre a mudança de rotina depois de receberem mais uma companhia.

Pai e mãe são palavras construídas ambas por  três letras, mas que o seu papel na vida de uma criança vai além de todas letras do alfabeto e até mesmo daquilo que fazem por eles.

As reações são totalmente diferentes quando a notícia é dada pelo médico ou um outro anunciante, desta forma, houve pessoas que ficaram acamadas porque souberam que seriam pais pela primeira vez.

João Adolfo Cheiala, de 33 anos, é pai de três meninos. Contou que o sentimento que teve aquando do anúncio de ser pai pela primeira vez “é inexplicável”, pois era uma “mistura de felicidade, medo, tristeza e culpa”, mas com o passar dos dias, quando a máscara caiu, juntou um valor e decidiu mandar a namorada abortar, esta, por sua vez, recebeu os valores e comprou artigos de primeira necessidade para o bebé.

Hoje João lembra esse passado com muita alegria, pois o pequeno Cristóvão Cheiala, seu filho, agora com 10 anos, estando a frequentar a 6ª classe, é considerado um dos melhores alunos da escola.

Vilma Dinda de 22 anos também passou por essa experiência e contou que no princípio foi difícil porque a bebé que agora tem 3 anos chorava bastante à noite e Vilma pouco conseguia dormir, mas considera ser uma fase “muito bonita” por se tratar de um aprendizado tanto para a mulher quanto para o homem com a chegada do filho. “Não é fácil. Nunca me preocupei em comprar fralda, leite e outros bens infantis, mas quando dei à luz todo dinheiro que eu tinha para o uso pessoal agora invisto nos gastos da bebé e para nós que ainda contamos com apoio dos pais é mesmo difícil”, comenta.

Outros entrevistados contaram que o sentimento de ser pai ou mãe pela primeira vez não tem explicação possível.
Marilda António revelou que quando se  apercebeu da gestação teve de ser internada porque o impacto foi muito forte e a chegada de um filho complicou a vida da jovem mãe.