Por: Jéssica dos Santos 
Fotógrafo: Santo César 


Numa sala totalmente lotada, por também aproveitadores, o grupo de humoristas, Tuneza, e Calado Show levaram o público ao rubro, no sábado à noite, apesar de um número de adesão que não se esperava, já que, segundo a organização do evento, houve falsificação de pulseiras e por conta disso muita gente não pôde ver o espectáculo.

“Fizemos um determinado número de pulseiras de acordo com a casa (CCB) e aconteceu esse imprevisto”, mas, como organização, apesar disso, referem que estão satisfeitos por conseguirem ver as pessoas a se divertirem bastante e pediram desculpas aos presentes pelo imprevisto.

Segundo Oswaldo Aníbal, da organização, o evento, “em termos de público, superou as expectativas, “até pela negativa, refere,” porque nos organizamos para um número de pessoas, mas tem aquelas, os amigos do alheio, que tendem sempre a estragar o trabalho daqueles que muito se sacrificam para ganhar  o pão e fazer uma festa bonita”, lamentou. “Olhando para o palco, apesar dos percalços, fizemos uma festa bonita, o público presente gostou muito e isso nos satisfaz” considera o membro da organização.

Os humoristas mostraram grande satisfação, em declarações à JdB, ao ver a sala cheia e o público sorridente e participativo nas brincadeiras que faziam.

“A sensação é muito boa, mas não é ético ficar tanta gente fora, porque as vezes são pessoas que compraram ingressos, e os amigos do alheio que não gostam de ficar de fora, falsificaram bilhetes, e pedimos as nossas sinceras desculpas às pessoas que compraram e não conseguiram assistir por causa da lotação da sala”, disse Orlando dos Tuneza.

“A aceitação do público foi muito boa, para quem viu, os aplausos, o envolvimento do público para com os artistas foi muito positivo, podem aguardar que dentro em breve os Tuneza e o Star  estarão de volta juntos no mesmo palco, dessa vez num local maior que possa receber uma grande massa de pessoas que vêm sempre  abrilhantar as nossas noites”, prometeu Calado Show.