Por: Lourenço Mussango 


Domineves Anthony é um jovem de 26 anos, que com humildade, ousadia e respeito vem conquistando o seu espaço no mundo da fotografia. À Jovens da Banda o jovem confessou que já vive da fotografia e entende que os nudes feitos em Angola estão a melhorar a cada dia que passa, embora nossa sociedade ainda “não encare com bons olhos”, mas há fotógrafos que se aproveitam dos nudes.

Não sabe quando desenvolveu a prática, porém garante que começou a levar a fotografia bem mais a sério nos finais de 2015.  “Ganhei o gosto de uma forma estranha, penso eu. Apreciava as caretas, ou seja, as caras feias que as pessoas faziam quando estivessem em movimento”, explicou.

Gosta de fotografar tudo. Mas ama ver as suas fotografias feitas a produtos, paisagens e alimentos. O fotógrafo angolano Ted Yasunari é a sua primeira referência e influência. “O Ted é um grande e humilde fotógrafo, diferente dos outros”. Apontou Boudoir Photograph, ASoebibella, Bella Naija, Bomaone Photograph, Leonel Pedro e Rijo Studio como sendo também referências suas.

“Quero poder transmitir tudo em uma única fotografia. Quero poder prender, literalmente falando, uma pessoa com uma imagem. Quero transmitir alegria, tristeza, tudo que estiver na foto”, observou.

Domineves Anthony aprendeu a fotografar por via do autodidatismo e, depois, para aprimorar a técnica, contou com uma ajuda de Ted Yasunari. “A fotografia trouxe muitos ganhos e perdas. Tenho ganhos como pessoas humildes que conheci nesse ramo, links que pude criar por intermédio do mesmo, e também me tornei totalmente independente desde que passei a levar a fotografia como parte de mim”.

Sendo ele a pousar como modelo, não faria nu artístico, porque a sua filosofia de vida não o permite a tal exposição do corpo. “Eu já fiz, fotografando. E se um cliente solicitar,  farei novamente. Os nudes feitos em Angola estão a melhorar a cada dia que passa, mas feliz ou infelizmente a nossa sociedade ainda não encara com bons olhos quem faz esse tipo de fotos. E também há fotógrafos que se aproveitam dessas mesmas fotos para ir a cama com as modelos e manequins, o que acho muito errado”, sublinhou.

A fotografia tem sido a fonte primária de sustento para Domineves Anthony. “De um tempo para cá, sim tenho feito dinheiro com a fotografia. Pago as contas todas com o dinheiro da fotografia”.

Pretende realizar o sonho de ter um estúdio fotográfico próprio, e empregar uma grande equipa de profissionais da área. “E claro, a minha meta é fazer fotografias para a Unitel SA , Movicel, Cuca e outras Marcas”.