Texto: Por Alfredo Julião


Os jogadores do Paris Saint-Germain tiveram uma chegada tumultuada à França após a “inacreditável” eliminação diante do Barcelona, em goleada por 6 a 1. Um dos jogadores, Thiago Motta, atropelou um adepto, pelo que se acredita ter sido propositado, a julgar pela atitude.

 Durante o protesto, alguns adeptos cercaram os veículos de jogadores do PSG, um deles foi atropelado pelo veículo do brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta.

Em entrevista à RMC Sport, um homem que se identificou como primo do adepto atropelado afirmou que esperavam pelos jogadores. “Meu primo estava na estrada, Thiago Motta diminuiu a velocidade e depois voltou a acelerar em Ele bateu no meu primo, que caiu violentamente.