Por: Neliengue Sancho


O presidente da Associação Nova Aliança dos Taxistas (ANATA), Geraldo Wanga, informou na manhã desta quinta-feira, em entrevista a Rádio Luanda, que os lotadores da cidade capital vão ser cadastrados no intuito de evitar que estes profissionais sejam confundidos com meliantes, já que se acredita parte considerável destes trabalha de forma honesta.

O interesse de equipar os jovens que ajudam no serviço de táxi, segundo Geraldo Wanga, surge devido ao elevado número de roubos que acontecem em diferentes paragens de táxi, sendo que muitos deles são feitos pelos lotadores, de acordo com os passageiros”. Cada lotador vai exercer seu trabalho usando um colete numerado”.

O responsável referiu ainda que a sua instituição trabalhou com a polícia de ordem pública na identificação dos pontos em que são frequentes os roubos aos passageiros.

“A polícia em colaboração com a  Nova Aliança efectuou excelente trabalho e nós organização dos taxistas desejamos cadastrar estes jovens de modo a identificar os meliantes. Os lotadores terão colete e um número para não serem confundidos com os que praticam roubos” disse o responsável.