Por: Redação


Ejaculação é a acção física pela qual ocorre a liberação de esperma durante o acto sexual ou masturbação de forma involuntária, geralmente acompanhada de intensa sensação de prazer, o orgasmo. O processo se inicia com contrações involuntárias dos músculos do epidídimo, ductos diferentes, vesícula seminal  e próstata, que liberam fluidos que são conduzidos para a parte posterior da uretra.

As contrações involuntárias e rítmicas dos músculos pélvicos dão propulsão ao sêmen, que passa através da uretra e deixa o pênis.
Você já parou para se perguntar qual é a maior distância alcançada pela ejaculação?

Segundo o Simon’s Book of World Sexual Records, normalmente o jato de sêmen cobre a distância de 15 a 20 centímetros, mas sabe-se de marcas de mais de 1 metro! Como não existe essa categoria no Guinness Book nem um campeonato mundial de “gozar à distância”, os recordes ficam mesmo na base do “sabe-se que” ou “fulano contou que”, sem nenhuma comprovação científica. Dentro dessa categoria de dados duvidosos, circula na internet o feito de Horst Schultz, que teria atingido incríveis 5,71 metros de distância, 3,76 metros de altura e um “tiro” de 64,05 km/h. Os números parecem absurdos, mas nunca se sabe! O que se tem certeza é que a distância alcançada pela ejaculação é diretamente proporcional à quantidade de sêmen acumulado. E isso só acontece quando se passa alguns dias sem tirar o líquido branco.

Um estudo publicado no The Journal of Fertility and Sterility conclui, com base na análise do “comportamento ejaculatório” de 1300 homens, que, a cada dia de abstenção sexual, o homem acumula 0,4 ml de sêmen. Mas o reservatório tem limite: entre os homens da pesquisa, o maior volume ejaculado foi 11 ml e a média foi de 3,2 ml. Parece pouco, mas se pensar que em cada ml viajam de 20 milhões a 100 milhões de espermatozóides, vai concordar que 11 ml representa um número grande.