Desde a edição do ano passado, a Fifa fez mudanças importantes na escolha dos vencedores. O acordo com a revista France Football terminou e assim o termo “Bola de Ouro” deixou de ser usado. Além disso, a entidade abriu a votação para os adeptos, pela internet.

O que não mudou, entretanto, foi a dupla de finalistas. Nos últimos anos, o prémio de melhor jogador do planeta tem sido dominado por Messi e Cristiano Ronaldo. O argentino ganhou todas as edições do troféu entre 2009 e 2012, além de 2015. Já o português ficou com os troféus de 2008, 2013, 2014 e 2016.

Desta vez, Cristiano Ronaldo é o favorito depois das conquistas da Liga dos Campeões da Uefa, do Mundial Interclubes e do Campeonato espanhol. O português poderá se igualar a Messi em troféus individuais e colocar um fim à hegemonia do argentino. A Neymar, somente um título relevante pelo PSG e ou pela selecção brasileira o colocará como concorrente na disputa.

Finalistas

Melhor jogador
Cristiano Ronaldo (Portugal/Real Madrid)
Lionel Messi (Argentina/Barcelona)
Neymar (Brasil/Barcelona/Paris Saint-Germain)

Melhor jogadora
Deyna Castellanos (Venezuela/Santa Clarita Blue Heat/Florida State Seminoles)
Carli Lloyd (EUA/Houston Dash/Manchester City)
Lieke Martens (Holanda/Barcelona)

Melhor técnico
Massimiliano Allegri (Juventus)
Antonio Conte (Chelsea)
Zinedine Zidane (Real Madrid)

Melhor técnico de equipa feminina
Nils Nielsen (Dinamarca)
Gerard Precheur (Lyon)
Sarina Wiegman (Holanda)

Guarda-redes
Gianluigi Buffon (Itália/Juventus)
Keylor Navas (Costa Rica/Real Madrid)
Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique)

Prémio Puskas (gol mais bonito)
Deyna Castellanos (Venezuela Sub-17)
Olivier Giroud (Arsenal)
Oscarine Masuluke (Baroka)

Melhor Adepto
Borussia Dortmund
Celtic
Copenhague

FIFPro World XI

Além dos prêmios individuais, a Fifa anunciará na cerimônia a selecção com os 11 melhores jogadores do mundo no último ano. Cerca de 25 mil jogadores profissionais votaram escolhendo o melhor goleiro, quatro defensores, três meio-campistas e três atacantes.
Neymar e outros sete brasileiros estão entre os 55 nomeados que concorrem por um lugar nesse time. São eles: Daniel Alves, Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, Marcelo e Casemiro, do Real Madrid, David Luiz, do Chelsea, e Philippe Coutinho, do Liverpool.