O ministro das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, defendeu esta sexta-feira a partilha de infra-estruturas por parte das operadoras de telecomunicações, por ser um dos pressupostos para redução dos custos de operações.

O governante fez esse pronunciamento quando discursava na cerimónia de abertura do workshop sobre “Desafios do sector das telecomunicações e tecnologias de informação”, promovido pelo Instituto Angolano das Comunicações (INACOM), que encerra hoje.

José Carvalho da Rocha entende ser importante que no ambiente concorrencial as operadoras de telecomunicações priorizem a partilha de infra-estruturas para permitir que outras empresas do sector possam instalar-se no mercado e diversificar os serviços.

A iniciativa de partilha de infraestruturas, explicou, tem três pressupostos que podem ser do detentor das infra-estruturas, do operador que pretende usá-las e do Estado, por via do regulador.

Recordou que um dos principais objectivos do Ministério das Telecomunicações e das Tecnologias de Informação para o quinquénio (2017-2022) é a partilha das infra-estruturas.