74  professores do ensino primário da Vila de Catete,  município de Icolo e Bengo, em Luanda, começaram esta semana as discussões sobre a necessidade e a importância da inserção das línguas maternas no processo de ensino e aprendizagem, no âmbito do Projecto Aprendizagem para Todos (PAT), do Ministério da Educação.

O coordenador municipal e formador do PAT desta região, Mendes António Coimbra, informou, em declarações à Angop, que a acção reúne docentes de seis escolas primárias, para aflorar a importância das línguas tradicionais  comparativamente a língua Portuguesa, sendo esta, a curricular.

Até o dia 19 de Maio os professores vão igualmente falar de aspectos relativos ao ensino da disciplina de matemática, tendo como orientadores, quatro formadores do Ministério da Educação.
“Os aspectos linguísticos são muito importantes, pois que o nosso país é plurilinguístico, sendo necessário que os professores aproximem o ensino da língua portuguesa com as maternas para uma rápida assimilação das matérias no seio das crianças”, disse.

A Zona de Influência Pedagógica (ZIP) de Catete está constituída, entre outras, pelas escolas ‘Gaspar de Almeida’, Calumbuze, Mazozo-lagoa, Wala, ‘Domingos João’ e S. José e um órgão de apoio didático-pedagógico que agrega um conjunto de escolas próximas.