Por: Ivan Chicapa


Aos 20 de Novembro de 1994, dois anos depois das primeiras eleições gerais, o Governo Angolano e a UNITA assinavam, na Capital Zambiana, o PROTOCOLO DE LUSAKA.

Venâncio de Moura, então Ministro das Relações Exteriores da República de Angola, e Eugênio Manuvakola, então Séc.Geral da Unita, assinaram os ACORDOS DE LUSAKA na presença de Maïtre Alioune Blondi MBeye, então Representante das Nações Unidas em Angola, do Presidente José Eduardo Dos Santos, do Presidente Frederick Chiluba e outras individualidades presentes na Cimeira de LUSAKA.

É de recordar que LUSAKA foi o ponto de partida para a PAZ que se vive desde 2002.