DESPORTO

Angola terá modalidade despostiva para pessoas com deficiência intelectual

Texto: Elizabeth David

No âmbito do dia Nacional do Desporto, assinalado este domingo, 23 de Janeiro,  o Ministério da Juventude e Desportos lançou um programa de desenvolvimento desportivo de inclusão social, denominado “Special Olympics”.

O referido programa visa garantir especial atenção aos cidadãos desta camada, visando a sua integração social e faz parte de uma iniciativa internacional de treino e provas reactivas para pessoas com deficiência intelectual.

A comissão Instaladora é liderada pelo antigo basquetebolista, Jean-Jacques da Conceição, que tem como adjunto João Alfredo (técnico do MINJUD) e embaixadores a antiga judoca Antónia de Fatima “Faia”, Yola Araujo, Yola Semedo, Kyaku Kyadaff e Joaquim Gomes “Kikas” e Victor Muzadi.

O que se pretende é tornar Angola numa referência neste tipo de acção, que há cerca de 53 anos tem transformado milhares de vida em todo o mundo.

Dados do Ministério da Educação revelam que até 2019 existiam no país 33.612 estudantes no subsistema de ensino especial, matriculados em 795 escolas, sendo 20 especiais e 775 inclusivas.

Special Olympics – é um programa internacional de treinamento desportivo para pessoas com deficiência intelectual iniciado em 1968 no EUA.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo