DESPORTO

Desporto angolano terá lei anti-dopagem

Texto: Berlantino Dário

O parlamento aprovou, nesta sexta-feira, 28, na generalidade, a proposta de lei para preservar a verdade desportiva e a saúde daqueles que praticam o desporto em Angola.

O ordenamento jurídico de angolano vai, nos próximos tempos, contar com uma lei anti-dopagem no desporto. A lei já foi aprovada na generalidade e preserva a verdade desportiva e a saúde daqueles que praticam as distintas modalidades desportivas do país.

A confirmação avançada no parlamento pela ministra da juventude e desporto, Ana Paula do Sacramento Neto, que salientou, por sua vez, a consolidação do espirito desportivo.

Mas, a governante descartou a criação de um laboratório de testagem anti-doping em Angola, por este ser bastante caro. Mas garantiu, no entanto, que o governo vai criar apenas nos próximos dias uma entidade que vai cuidar das amostras.

“Um laboratório tem custos muito altos. Para um laboratório, estima-se de 40 a 50 milhões de dólares para as suas instalações e aquisição de equipamentos e insumos de recursos humanos. Só o custo de manutenção do próprio laboratório vai de 4 a 7 milhões de dólares por ano. Portanto, não será essa a nossa prioridade. Nós vamos trabalhar com a entidade que será criada.”, avançou.

De realçar que, a proposta de lei anti-dopagem no desporto angolano segue para a discussão final nas comissões de trabalhos de especializadades na casa das leis.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo