SOCIEDADE

Veja o perfil da professora angolana considerada uma das 36 académicas mais influentes do mundo

Sylvia Croese é uma PhD angolana e está associada à Cátedra de Pesquisa Sul-Africana em Análise Espacial e Planeamento Urbano na Universidade de Witwatersrand, a segunda melhor de África.

Socióloga urbana, os interesses da académica estão relacionados com pesquisa, experiência de ensino e suas publicações incluem trabalhos sobre política urbana e governança, através das lentes de habitação, terra, infraestrutura urbana e mobilidade, com foco na África Austral e Lusófona.

A professora é uma das 36 mulheres que constam da lista dos “100 académicos mais influentes do mundo”, nomeados pela Apolitical, uma plataforma com sede no Reino Unido, que contribui para o aprimoramento da gestão governamental em todo o mundo.

A lista é baseada em consultas a servidores públicos e divulgada no dia 20 de Dezembro de 2021, a plataforma global Apolitical destaca a actuação da socióloga Sylvia Croese na área de Política Urbana e Governança. 

O trabalho de Sylvia Croese abrange várias disciplinas académicas, desde ciência política, sociologia, antropologia geografia até estudos urbanos e de desenvolvimento de forma mais ampla, com foco na África Austral e Lusófona. 

Suas pesquisas actuais examinam a governanação, localização e implementação da política urbana global, como parte do projecto de pesquisa comparativa internacional Mistra Urban Futures sobre a implementação da Nova Agenda Urbana e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

Entre 2017 a 2019, trabalhou como pesquisadora integrada na Cidade do Cabo. Com base neste projecto de pesquisa PEAK “Assessing SDG localization in Cape Town” analisou o caso da Cidade do Cabo para avaliar a dinâmica da localização dos ODS, para obter uma melhor compreensão das formas específicas do contexto em que as cidades produzem conhecimento e se envolvem com o mundo global.

Desde 2019, a pesquisadora vem organizando uma série de seminários mensais com o objectivo de oferecer um espaço para que diferentes actores se reúnam para trocar pensamentos, experiências e discussões relacionadas aos ODS. 

A angolana lidera o LIRA Agenda 2030, um projecto de pesquisa concentrado em co-produção de conhecimento urbano em Angola e Moçambique, através da colecta de dados liderada pela comunidade: rumo ao ODS 11.

Sylvia Croese é PhD em Sociologia, grau obtido em 2013 pela Graduate School of Arts and Social Sciences e pela African Doctoral Academy of University of Stellenbosch. Seu doutoramento baseou-se nas políticas de desenvolvimento do Estado angolano. É investigadora independente e consultora em Luanda. 

Nos últimos anos, leccionou vários cursos de graduação e pós-graduação em sociologia política, justiça social e desigualdade; mudança política e cultural na África do Sul contemporânea, bem como métodos de pesquisa nos departamentos de Sociologia da Universidade de Stellenbosch e da Universidade da Cidade do Cabo.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo