SOCIEDADETecnologia

Jovem cria aplicativo que permite deficientes visuais e tetraplégicos usarem computadores

Texto: Elizabeth David

Patrícia Aline Porfírio Silvestre é uma engenheira angolana. A jovem está a desenvolver um projecto informático que permitirá deficientes visuais e tetraplégicos usarem computadores ou qualquer outro dispositivo electrónico.

O aplicativo funciona por intermédio de um comando de voz e, segundo a engenheira, poderá melhorar a vida das pessoas com deficiência no país.

Patrícia fez Química no Médio. Conta que desde pequena, teve admiração por computadores, por isso, decidiu estudar Engenharia Informática no Ensino Superior.

Formada pela Universidade Católica de Angola, a jovem já trabalhou como professora. Enquanto dava aulas, criou um algorítmo que procura cinco a sete palavras seguidas em trabalhos de alunos, para  detectar plágios.

Em breve, a engenheira vai apresentar um aplicativo que poderá ajudar invisuais e tetraplégicos a usarem  computadores.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo