SOCIEDADE

Bebé nasce com um olho na testa

Texto: Berlantino Dário

Uma mulher deu a luz, esta quarta-feira, no Soyo, província do Zaire, a um bebé com um único olho e no centro testa.

O recém-nascido veio sem vida. A população diz que é um fenómeno do outro mundo, mas os médicos tranquilizam e explicam o que terá causado tal fenómeno.

“Eu também fiquei espantado ao ver isso. Às vezes é má alimentação da própria mãe. Consumir coisas que não dá para consumir durante a gravidez, causa mesmo isso aqui.”, disse um interlocutor.

O bebé nasceu com dois kg e com má formação congénita. São casos raros, mas acontecem, diz o doutor geneco-obstetra do hospital municipal do Soyo.

Segundo o especialista, o fenómeno é conhecido cientificamente como SICLOP, caracterizado pela junção parcial ou total dos olhos que se transformam num só. E acautela que o caso deve ser investigado. A não realização de consultas pré-natal é apontado como uma das causas.

“Não é comum, apesar de ter havido casos de género. Uma situação é incompatível à vida. Porque aparentemente apresentar um globo ocular, mas constatámos que tinha os dois globos oculares em que se chama SICLOP, e a genésia do nariz ou a ausência osso vómer, então não houve a separação dos dois globos oculares. São situações que ocorrem por anomalias congénitas”, explicou o mésico à RNA.

“Mas tem uma base. Essa base só com a investigação é que se pode concluir.”, rematou.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo