ComidasEstilo de VidaMundoSem categoriaViajar

Estes são os três países do mundo mais barato para se viver

Texto: Berlantino Dário

Um estudo revelou que existem no mundo três países com menor custo de vida, tendo em conta suas potencialidades sócio-culturais, económicas e turísticas.

De acordo com os dados, o país que ocupa o primeiro lugar do “Top 3” com a medalha de ouro, é o Vietname, que é o país mais barato para se viver, no ano em curso.

Actualmente neste país as rendas caíram consideravelmente. Nas cidades de Hoi Na e Nha Trang, um T1 de luxo que custava o equivalente a cerca de 245 mil kwanzas agora está a 147 mil.

A cidade de Bali, na Indonésia, levou a medalha de prata, tomando o segundo lugar da lista. Para além dos hotéis de cinco estrelas e da azáfama turística, nos locais que ninguém espera, é que está um verdadeiro “fruto proibido”, deleitar-se com uma refeição num restaurante tradicional “warung” da zona, custa pouco mais de um 450 kwanzas, com um nasi campur (arroz com carne e vegetais). Em Ubud pode alugar-se um T1 por o equivalente a menos de 147 mil kwanzas.

Bolívia e Camboja encontram-se na terceira posição. Estudos revelam que é possível viver neste país da América do Sul, em Cochabamba ou Tarija só para citar, e alugar uma casa por menos de menos de 93 mil kwanzas.

Almoçar fora, nos estabelecimentos mais luxuosos, não excede os 14 mil kwanzas. O táxi custa pouco mais de um 300 kwanzas. Tudo isso deve-se porque a Bolívia não vive do turismo, o que torna tudo mais acessível. Além disso, tem um clima ameno, bastante natureza e uma cultura riquíssima.

Já no Phnom Penh, Camboja, consegue-se alugar um apartamento no centro por menos de 140 mil kwanzas e usufruir de tudo o que a cidade oferece, como diversidade de restaurantes e centros comerciais. Em cidades mais pequenas, como Battamband, Siem Reap ou Kampot, os preços caem mais 10-25%.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo