POLITICASOCIEDADE

Professores na universidade Rainha Njinga estão a vender monografias a 150 mil kwanzas

Texto: Elisabeth David

Imagem: Ilustrativa/ Internet

Foram identificados seis docentes que se dedicavam a elaboração e venda de trabalhos de fim de curso, na universidade Rainha Njinga a Mbande, na província de Malange.

O esquema foi descoberto, mas não é de hoje. Depois de elaborarem as monografias os professores comercializavam-nas aos estudantes a preço de 150 mil a 200 mil kwanzas. Os alunos apenas se limitavam a fazer o ensaio para a defesa, denunciou esta semena, Eduardo Ekundi Valentim, reitor interino da universidade.

“Estão identificados os docentes, está a ser feito um trabalho interno para estabelecer penalizações, uma vez que não existe legislação para este tipo de crimes académicos”, observou.

De acordo com o dirigente, estão ainda em discussões as penalizações, que vão desde advertência, suspensão do salário ou até mesmo expulsão do docente para que sirva de exemplo, uma vez que a prática é antiga naquela instituição do saber.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo