MundoSOCIEDADETecnologia

Engenheiro em destaque na revista científica da Polónia com um trabalho que beneficia Angola

O mestre e engenheiro angolano em Gestão e Produção Industrial Afonso António Mkaka está em destaque na conceituada revista de investigação científica “TIAM” de Varsóvia, por causa do seu trabalho, em que propõe a “implementação da filosofia integrada (IL6S) – Lean Six Sigma em uma unidade de produção em Angola.

Nkaka é também pós-graduado em Gestão de Projectos pela Faculdade de Mecânica da Universidade de Ciências e Tecnologia de Wroclaw (Polónia) e conquistou, recentemente, o respeito da comunidade científica ligada a Tecnologia e Automação de Montagem com um artigo que apresenta duas conhecidas filosofias sobre a indústria transformadora, nomeadamente a Lean Manufacturing (LM) e Six Sigma (6S).

Os modelos são vantagiosos pela sua integração e por ajudarem a resolver a insuficiência causada pela ausência de cada uma delas, considerando que o Six Sigma é baseado em ferramentas estatísticas que focam em mensurar e reduzir variações nos processos e atingir as metas estabelecidas.

O engenheiro explica que, hoje em dia, o sector de produção industrial está numa luta constante para encontrar estabilidade entre satisfazer os clientes, produzir segundo suas expectativas e manter posições de liderança, quando se trata de competitividade nos mercados. E o seu trabalho, sustenta, tem como objetivo persuadir as indústrias transformadoras angolanas a implementarem o Sistema Integrado de Lean Six Sigma (IL6S) em seus processos de produção e gestão industrial.

O Lean Manufacturing, por exemplo, foca-se no valor agregado para o cliente, eliminando todo o tipo de desperdício ao longo da cadeia de produção, enquanto o Lean Six Sigma, combina as características de ambos os métodos. A técnica atende aos requisitos do cliente com base no conhecimento estatístico e no controle do fluxo do processo, e, simultaneamente, reduz o tempo e o custo dos processos.

Como resultado, sublinha, as empresas de manufactura têm a possibilidade de ter clientes fiéis e satisfeitos, ao mesmo tempo que ganham novos clientes.

No caso concreto de Angola, e tendo em conta a existência do mercado da SADC, ZLCCA e os mercados de outros continentes, o artigo apresenta uma resenha sobre a importância da padronização da actividade industrial, com vista a agregar mais valor ao sector transformador.

O mestre assegura, por outro lado, que, com a padronização da actividade industrial em Angola, o país não só aumenta o nível de competitividade ou melhora a qualidade dos produtos e serviços no sector, como também facilita o processo de coordenação a nível nacional; reduz os desperdícios, acidentes de trabalho e aumenta a qualidade das competências dos operários, através de ferramentas do IL6S.

Veja o trabalho completo do engenheiro no link: https://tiam.prz.edu.pl/fcp/RGBUKOQtTKlQhbx08SlkTUgZCSmpgTx0DDiA-WAJVQG9SAlhnRlUuWTISTnoNDRMe/1209/public/issues/2022/2022-1_art-6.pdf

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo