Sem categoria

A partir deste ano universidades passam a ser avaliadas antes de “abrirem as portas”

Por: Berlantino Dário

A ministra do Ensino Superior Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo, informou, esta terça-feira, em Luanda, que as instituições do ensino superior em Angola serão alvo de avaliação ainda este ano, com destaque para os cursos de Medicina e ciências da saúde.

A garantia foi avançada no acto de apresentação pública dos manuais que vão servir de base para a validação e acreditação da qualidade de ensino, nas universidades do país.

“Não foi por acaso que fizemos a resenha para mostrar que precisamos de trabalhar para termos, de facto, a cultura da qualidade. E, esta cultura tem de ser através da avaliação para assegurar a melhoria contínua desta mesma qualidade em todos os componentes do subsistema do ensino superior. Mas, tal só será possível se se realizarem avaliações confiáveis, objectivas, pertinentes, imparciais e cíclicas.”, referiu a responsável.

Maria do Rosário Bragança reconheceu, no entanto, que no país ainda tem o modelo de avaliação a depender de um organismo superintendido por um departamento ministerial, em detrimento daqueles países onde o processo de avaliação e acreditação é feito com organismo externo ao governo, independente, precisamente para garantir a imparcialidade.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo