SOCIEDADE

Estudante pagou 4 anos de licenciatura com bordereauxs falsos

Imagem: D.R.

Um jovem de 24 anos de idade, finalista do Instituto Superior Politécnico Cardeal do Nascimento (ISPCAN), em Malanje, foi detido sob acusação de falsificar comprovativos de pagamento de propinas. O estudante alega que não tinha condições financeiras para pagar a propinas.

Carlos Jorge (nome fictício) era o delegado de turma. Conseguia os borderaeuxs dos colegas, falsificava-os, fotocopiando e scaneando-os. O estudante confessou o crime, alegando que não tinha condições e recursos financeiros para pagar as mensalidades. Contas feitas, concluiu – se que o jovem acumulou uma dívida de 945 mil kwanzas.

“Paulo Jorge” frequentava o 4° ano no Insituto Superior Politécnico Don Cardial do Nascimento. Foi detido no bairro Voanvoala, sob acusação da prática de crime de Falsificação de Documentos, após denúncia sobre a existência de comprovativos falsos de pagamentos de propinas e recibos de ATM naquela instituição do saber.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo