POLITICA

General esclarece que” movimentação de tropas nas ruas é para o desfile da tomada de posse do PR”

As movimentações de homens das forças de defesa e segurança, que se tem verificado nos últimos dias nas ruas, principalmente em Luanda, tem a ver com o desfile da tomada de posse do Presidente da República, que acontece esta quinta-feira (15), e não devido a repressões de manifestações, conforme se especula nas redes sociais ou em grupos do WhatsApp.

Depois da informação, no passado dia 4 de Setembro, que dava conta que as forças da defesa e segurança estariam em grau de “Prontidão Combativa Elevada” até ao dia 20, portanto, próxima terça-feira, começou uma onda de especulações sobre as movimentações de tropas e algum material bélico nas ruas.

Ontem, o tenente-general José Maria Marques, que trabalha nos preparativos para a cerimónia da tomada de posse do Presidente da República, reforçou que a presença do exército nas ruas é por causa do desfile da investidura.

De acordo com o oficial da defesa, que falava à Rádio Nacional de Angola, o que acontece é que os homens “estão a sair do quartel para o local do desfile”, daí a movimentação.

Antes do esclarecimento do tenente-general, já no dia 4 de Setembro o gabinete do Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas havia informado que, a partir daquele domingo até 20 de Setembro as Unidades, Estabelecimentos e Órgãos das Forças Armadas Angolanas passariam ao grau de “Prontidão Combativa Elevada”.

“Considerando imperiosa a continuidade da tomada de medidas preventivas, por forma a evitar-se incidentes que perturbem a ordem e tranquilidade públicas, bem como proporcionar a manutenção da Defesa e Segurança do Território Nacional, com particular incidência em Luanda”, podia ler-se no despacho do CEMGFAA.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo